Investigação

Centros de Excelência nascem nas Universidades de Trás-os-Montes e Alto Douro, Évora e Beira Interior

7 de Agosto

O presidente da CCDR-N, Emídio Gomes, é uma das presenças confirmadas, esta manhã, na cerimónia de assinatura dos memorandos de entendimento que efetivarão a instalação de Centros de Investigação de excelência nas Universidades de Trás-os-Montes e Alto Douro, Évora e Beira Interior, respetivamente, nas áreas do Vinho e Vinha (UTAD), da Agricultura, Água e Energia (UÈ), e Cloud Computing e Saúde (UBI).

A cerimónia, a realizar-se na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, conta ainda com a presença do Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, e do Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, como dos respetivos reitores, e restantes representantes das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR Centro e CCDR Alentejo).

A assinatura do memorando vem efetivar a criação dos três centros anunciados no ano passado, e que visam permitir o reforço da competência científica e tecnológica de cada instituição de ensino, assim como a sua ligação ao tecido empresarial local, de forma a combater a desertificação e a perda de relevância económica e social nestas regiões.

Financiados ao abrigo do novo quadro comunitário, os projetos centrar-se-ão na investigação científica, inovação tecnológica e desenvolvimento social e económico das respetivas regiões e do país, e surgem no âmbito da estratégia de criar uma nova linha de atuação para as universidades mais afastadas do Litoral.